A indonésia Meidy Gama confirmou o favoritismo e venceu pela quarta vez o Aberto Feminino do Itanhangá Golf Club, encerrado nesta sexta-feira, dia 16, com validade para o ranking estadual. A 39ª edição contou com patrocínio da Promenade, da Omega e da Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro.

CONFIRA AQUI os resultados finais.

Meidy, do Gavea Golf (RJ), garantiu o tetracampeonato com 166 tacadas, parciais de 82 e 84, contra 170 tacadas de Adriana Melo, do Alphaville (PR), que jogou duas voltas de 85 tacadas. Thuane Oliveira, do Japeri (RJ), e Joanna Carvalho, do Gavea (RJ), terminaram empatadas na terceira colocação com 179 tacadas.

As demais categorias terminaram com total domínio das golfistas da casa. Elza Ishii ficou com o título da competição de índex até 16, seguida por Daniela Bandeira. Entre as participantes de índex 16,1 a 28,2, vitória Ryoko Tainaka, com Patrícia Pellegrini na segunda posição. Patrícia Cardim saiu vitoriosa da categoria de índex 28,3 a 33,2, enquanto Valentina Bosselmann ficou na segunda colocação. A organização distribuiu ainda três prêmios especiais. Fábia Sofia, do Japeri (RJ), foi a melhor juvenil e também deixou a bola mais perto do buraco; e Thuane Oliveira bateu o drive mais longo.

O torneio começou cedo na quinta-feira, a partir das 8 horas, quando saíram os primeiros grupos em um dia que o sol intenso era digno do verão carioca. Após o primeiro dia de competição, um spa estava montado no vestiário feminino para tratamentos de rosto e cabelo. Logo depois, o espaço Hole in One recebeu uma decoração especial para um Happy Hour, com show de MPB, coquetel e muitos drinks.

Já na sexta-feira, dia da final, as golfistas receberam diversos brindes de empresas apoiadoras na entrega dos cartões. Após o jogo, elas foram recebidas no Salão Principal, onde puderam desfrutar de um diferenciado buffet elaborado pelo Restaurante do Clube. Em seguida, a capitã Elza Ishii e a vice-capitã Alda Matsuda convidaram para compor a mesa de premiação alguns membros da diretoria: Márcio Weber, presidente, Indalécio Alvarez, vice-presidente, e Tacashi Ishii, capitão. Elas também chamaram Mauro Bayout, presidente da Federação local, e Antônio Lins, o head pro do Itanhangá.

A premiação prosseguiu e Márcio Weber convidou o arquiteto mexicano Agustín Pizá, responsável pelo remodelamento da segunda volta, para falar um pouco sobre o novo traçado. Logo após, Pizá posou para uma foto (abaixo) com a campeã Meidy Gama.

Os sorteios de diversos apoiadores movimentaram a premiação, entre eles Lafry, Lafort, Kion, Casas Granado, Heckel Verri, Lacoste, Nambeiplast, Ping, Campo Olímpico de Golfe e Restaurante Miako. Por fim, a Promenade sorteou duas hospedagens no Promenade Angra Hotel & Marina, com a direito a acompanhante e green fee no campo de golfe do Frade. Dóris Souza e Takae Handa foram laureadas. Já a Omega sorteou o cobiçado prêmio do dia, um relógio de luxo da marca suíça, ganho também por Takae Handa.

O XLI Aberto Feminino do Itanhangá Golf Club contou com o patrocínio da Promenade – Hotéis & Aparts, do fabricante de relógios Omega e da Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro. A edição marcou a estreia oficial do novo percurso do campo de golfe do Itanhangá. Os 18 buracos passaram a ser jogados no par 71, com a alteração no antigo buraco 11, agora o 13, que trocou de par 5 para 4. O novo circuito, com a modernização realizada, trouxe de volta o traçado original projetado pelo canadense Stanley Thompson.