Vitória histórica! Após ficar de fora da edição passada em razão de um amargo decesso, o Brasil conquistou o título do 73° Campeonato Sul-Americano de Golfe – Copa Los Andes, disputado no Clube de Golfe do Uruguai, em Montevidéu, entre os dias 21 e 24 de novembro.

A equipe campeã formada por Daniel Kenji Ishii, Herik Machado, Andrey Xavier, Lucas Park e Fred Biondi obteve o nono triunfo do Brasil na Copa Los Andes. O técnico Luiz Miyamura e delegado Euclides Gusi completaram a comitiva brasileira no Uruguai.

O desfecho da competição foi repleto de emoção, com o Brasil iniciando a final com a vantagem de um ponto na liderança e sofrendo um revés inesperado contra a Colômbia. Entretanto, a vitória sobre a Venezuela garantiu os pontos que faltavam para o título.

O time brasileiro somou 12 pontos, contra 11 do selecionado peruano. Chile, Argentina e Colômbia somaram 10 pontos e terminaram empatados na terceira colocação. A Bolívia fez apenas 3 pontos e estará fora da próxima edição, em Assunção, no Paraguai.

Campanha – O Brasil, capitaneado por Daniel Kenji Ishii, do Itanhangá, venceu a Argentina e a Bolívia, no primeiro dia, o Peru, no segundo, o Uruguai e o Equador, no terceiro, e a Venezuela, na final. O Chile, no segundo, e a Colômbia, no último, foram os únicos times que conseguiram superar o Brasil.

A equipe feminina do Brasil, por sua vez, foi rebaixada em 2017 e não jogou este ano no Uruguai. O título feminino da Copa Los Andes ficou com o Paraguai.