Vá correndo!

7 de setembro, 2015

Com tênis nos pés e muito ar nos pulmões, quem não abre mão de atividade em viagens pode conhecer destinos de um jeito diferente

Central Park, em Nova York
Em um site dedicado ao espaço há um mapa com alguns trajetos e a distância em milhas e em metros de cada um deles. O caminho mais longo sugerido chega a 9,8 quilômetros e contorna o parque. Os menos preparados podem dar uma volta completa no Jacqueline Kennedy Onassis Reservoir e apreciar uma bela vista da cidade ao longo dos 2,5 quilômetros de percurso.

Parc Monceau, em Paris
Diferentemente do Jardin des Tuileries, na região do Louvre, esse parque recebe menos turistas, o que significa caminho livre para os corredores. Atravessando seus portões há um caminho de terra de 1 quilômetro, ideal para um treino matinal ou no fim do dia.

Montjuic, em Barcelona
Muito arborizada, a região é excelente para quem quer treinar em subidas. ali está boa parte da estrutura utilizada na Olimpíada de 1992. Há empresas que fazem circuitos de corrida por lá, como o que parte da plaça d’Espanya e segue para o pavilhão alemão, entre outros locais, completando 8 quilômetros.

Tiergarten, em Berlim
No mais importante parque da capital da Alemanha existem várias possibilidades de atividades. Uma delas é o caminho que começa no bairro de Hansaviertel e passa pelo edifício do Ministério do Interior e pelo Schloss Bellevue, residência oficial do presidente do país. Todo o tour pelo poder alemão totaliza 2,6 quilômetros.