Como seria o barzinho da sua casa se você pudesse ter qualquer bebida?

24 de agosto, 2015
DSC04993

Da cachaça ao xerez, selecionamos alguns dos mais caros, raros e curiosos rótulos do mundo.

Pasion Azteca, a tequila diamante
A versão Diamond Sterling da Pasion Azteca, a tequila envelhecida por seis anos e feita com a seiva da agave-azul, planta típica do México, vem em uma garrafa incrustada de diamantes. Num bar dos sonhos, nada mau ter um objeto em platina e ouro de 7,6 milhões de reais assinado pelo mexicano Alejandro Gomez Oropeza.
ley925.com

Havana Club Maximo, O rum a caminho
Somente 14 garrafas, a 8 mil reais, cada uma, chegarão ao Brasil em fevereiro do ano que vem. A bebida é artesanal, feita com os runs mais maduros e envelhecidos da reserva Havana Club.
havana-club.com

Watari Bune Kame no O, o saquê artesanal de luxo
A fama desse saquê é o de ter o melhor controle de qualidade do mundo. Os grãos de arrozutilizados são de um tipo raro e pequenino, e eles são polidos até ficarem com a metade do tamanho. Uma garrafa custa cerca de 1,1 mil reais.

Diva, a vodca preciosa
Os preços dessa vodca escocesa variam conforme os diamantes e pedras preciosas colocados dentro da garrafa, usados para filtrar a bebida. No processo de produção, ela passa por uma destilação tripla e por uma filtragem em gelo, carvão vegetal e madeira nórdica. Custa a partir de 1,2 mil reais.

L’Or de Jean Martell, o conhaque com origem
Um conhaque que une ingredientes de quatro regiões de denominação de origem controlada. A receita leva uma mistura de eaux-de-vie – um destilado feito a partir da fermentação de frutas prensadas – com mais de cem anos. A garrafa é de cristal, com detalhes em ouro. Cada uma custa cerca de 10 mil reais.

Heidsieck & Co. Monopole , espumante perdido
Em 1916, um navio com milhares de garrafas desse espumante sueco afundou na costa da Finlândia. Mais de 80 anos depois, uma expedição encontrou duas mil garrafas. Os dez únicos exemplares em condições de consumo foram levados para o hotel Ritz-Carlton de Moscou, onde foram vendidos por alguns milhões de reais.

Samuel Adams Utopia, a cerveja safrada
Com 25% de teor alcoólico e envelhecida em barris de carvalho por onde já passaram uísques e conhaques, essa cerveja americana tem preços que variam conforme o ano de produção. Começam em 220 reais e podem chegar a 2 mil reais – caso da safra de 2003.

Romanée – Conti, o vinho da Borgonha
ele é feito apenas com as uvas pinot noir procedentes de uma área equivalente a dois campos de futebol dentro da região francesa de Vosne- Romanée. Uma garrafa da safra de 1985 chega a custar 100 mil reais.