CBG Pro Tur: Navarro lidera, com Becker e Kenji no pelotão

13 de janeiro, 2015
1_034639

O carioca Felipe Navarro assumiu nesta sexta-feira a liderança da etapa final do Circuito Brasileiro de Golfe – CBG Pro Tour, que está sendo disputada no Itanhangá Golf Club, no Rio de Janeiro (RJ) com R$ 120 mil em prêmios, sendo R$ 22 mil para o campeão.

Atualmente 11º no ranking nacional, Navarro busca sua primeira vitória no ano neste sábado, quando acontece a final. O público terá entrada franca para assistir à disputa e poderá fazer aulas gratuitas da modalidade. O líder soma 139 tacadas (- 5 em relação ao par do campo, com parciais de 70/69). Sua última vitória no CBG Pro Tour foi em 2012.

A disputa pelo título promete ser bastante acirrada, pois há onze competidores com até quatro tacadas de diferença do líder. Três deles somam 140 (-4) tacadas e estão empatados na vice-liderança: o paulista Rafael Becker (70/70), o gaúcho Rafael Barcellos (69/71), número 3 do ranking nacional, e o amador carioca Daniel Ishii (68/72), que saiu na frente após a primeira rodada.

Logo atrás estão cinco atletas com 141 tacadas (-3): o paranaense Marcos Silva (70/71), o americano Sean McNamara (70/71) e os argentinos Daniel Barbetti (73/68) e Mauricio Molina (72/69).

Disputarão a final 27 competidores que passaram o corte, que ficou em 149 tacadas (+5). O paranaense Daniel Stapff, atual número 1 do ranking, subiu de 21º para 13º lugar, com 144 tacadas, e passou o corte, assim como Ronaldo Francisco, número 2 do ranking, vem logo atrás, empatado em 14º, com 145. Ambos têm chances de defender suas posições no ranking nacional neste sábado.

As disputas da rodada final se iniciam às 10h30. O último grupo, formado por Navarro, Becker e Ishii, inicia o jogo às 12h e deve conclui-lo até as 16h30, quando será conhecido o campeão. Em caso de empate haverá disputa de playoff.

Os dois primeiros colocados do ranking anual do CBG Pro Tour poderão disputar a final da Série de Desenvolvimento, que acontece de 12 a 18 de janeiro em Quito, no Equador, e que classifica atletas para o PGA Tour Latinoamérica, principal circuito do continente, que por sua vez dá vagas para o Web.com Tour, a divisão de acesso ao PGA Tour, o milionário circuito profissional norte-americano, que reúne os melhores do mundo.

Fruto de uma parceria entre a Confederação Brasileira de Golfe (CBG) e a IMX, com recursos da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, o CBG Pro Tour tem como patrocinadores o HSBC, BMW, Sportv, Azeite 1492, YKP e Klabin. Nespresso é o café oficial. A Etapa Rio de Janeiro tem apoio da Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro e do Itanhangá Golf Club.