Alexandre Rocha confirma presença no Aberto do Brasil

1 de novembro, 2014

1_121901

 

O paulista Alexandre Rocha confirmou presença na 61ª edição do Aberto do Brasil/Aberto do Atlântico apresentado por Credit Suisse Hedging-Griffo, que acontece de 6 a 9 de novembro no Gavea Golf & Country Club, em São Conrado (RJ), com uma premiação de US$ 150 mil. O evento faz parte do PGA Tour Latinoamérica e reunirá os melhores golfistas do continente.

Em 2011 e 2012, Rocha foi o primeiro brasileiro em 30 anos a disputar o PGA Tour americano, o principal circuito de golfe do mundo. Em 2013 e 2014, ele disputou o Web.com Tour, a divisão de acesso ao PGA Tour, em busca de uma vaga para retornar ao circuito principal. No ano passado, terminou em 34º lugar no ranking. Este ano, ficou em 98º.

Em 2011, seu ano de estreia no PGA Tour, Rocha se tornou o primeiro brasileiro a disputar as finais do US Open, um dos torneios do Grand Slam do golfe mundial, no qual terminou em 68º lugar. No ano seguinte, foi vice-campeão do Reno-Tahoe Open, em Nevada, o melhor resultado até hoje de um brasileiro no PGA Tour. Rocha também é o primeiro golfista a ganhar mais de US$ 1 milhão em prêmios nos eventos do PGA Tour – foram US$ 872 mil no PGA Tour e cerca de US$ 202 mil no Web.com Tour, totalizando US$ 1,07 milhão.

O paulista agora tentará seu primeiro título no Aberto do Brasil – ele foi terceiro colocado na competição nas últimas duas vezes em que a disputou, em 2010 e 2013. “Depois de uma boa pausa após o término da temporada 2014 do Web.com Tour, voltei aos treinos pronto para iniciar um caminho rumo ao PGA Tour. Joguei bem no México e, agora, tenho minha mira apontada ao topo do placar no Aberto do Brasil”, diz Rocha, que há duas semanas foi terceiro colocado no Aberto do México, que, assim como o Aberto do Brasil, é uma etapa do PGA Tour Latinoamérica.

O evento é a 14ª etapa da temporada 2014 do PGA Tour Latinoamérica, o principal circuito de golfe do continente, que dá vagas para o Web.com Tour, que por sua vez é a única forma de se classificar para o PGA Tour, onde está a elite do golfe mundial. O Aberto do Brasil/Aberto do Atlântico é organizado pela Confederação Brasileira de Golfe (CBG) e tem promoção da IMX.

O Aberto do Brasil/Aberto do Atlântico será disputado em quatro dias. Após as duas primeiras rodadas, haverá um corte, e apenas os 55 melhores classificados e empatados disputarão as duas rodadas finais.

O 61º Aberto do Brasil/Aberto do Atlântico tem o patrocínio máster da Credit Suisse Hedging-Griffo e patrocínio da BMW, Sportv, Azeite 1492, Klabin e YKP. O relógio oficial é Rolex e o café oficial é Nespresso. O campeonato conta com recursos da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte e apoio do R&A, Gavea Golf e Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro.