5 alimentos que aliviam o estresse

29 de junho, 2015
29.06.15_blog (1)

O estresse do cotidiano pode ser potencializado pela má alimentação. Em contrapartida, uma mudança nos hábitos e no cardápio tem potencial para proporcionar mais calma.

O estresse pode ser combatido por meio de uma associação de hábitos saudáveis, como uma alimentação equilibrada, atividades físicas e uma boa noite de sono.

Segundo especialistas, comer de 3 em três horas e fazer as refeições em um ambiente calmo e próprio para isso também são importantes para afastar esse mal. Além disso, é válido evitar alguns alimentos que agem no aumento do estresse.

Alguns exemplos são os industrializados, processados, refrigerantes, bebidas alcoólicas, queijos amarelos, carboidratos refinados (como pães, bolos e massas com farinha branca), café, chás, refrigerantes e chocolates.

Com a ajuda de nutricionistas listamos 5 alimentos que ajudam na redução do estresse.

1.Leguminosas

Leguminosas como feijão e ervilha são itens bons no combate ao estresse por apresentarem bons níveis de triptofano. Esse aminoácido ajuda na formação da serotonina, substância que induz o sentimento de bem-estar e felicidade.

2.Cereais

Cereais como aveia e arroz integral também devem compor o cardápio de quem quer e precisa se livrar do estresse. O benefício existe porque esses são alimentos ricos em proteína magra, vitamina do complexo B, aminoácidos e vitaminas essenciais.

3.Banana

Assim como as leguminosas, a banana é rica em triptofano, que ajuda na sensação de bem-estar, mas não é só isso. Ela também possui um tipo de proteína que é convertida em serotonina, no corpo, além de vitaminas do complexo B e outros nutrientes, como o potássio.

4.Sementes oleaginosas

Castanha-do-Pará, castanha-de-caju e amêndoas são sementes oleaginosas indicadas por especialistas para lutar contra o estresse pela alimentação. Além de serem ricas em triptofano, também possuem boas quantidades de vitaminas do complexo B e magnésio.

5.Laticínios

Laticínios como leite, leite em pó e queijos brancos também têm bom potencial. Suas propriedades são parecidas com as dos alimentos já citados: triptofano, proteína magra, vitamina do complexo B, cálcio, aminoácidos e vitaminas essenciais.